sábado, 13 de janeiro de 2007

SEM TETO

Não foge de casa
Quem é caracol

Um comentário:

Pedro Gular disse...

encaracolando-se, lentamente, até a casa cair.

depois disso, uma pequena homenagem à lábia maior de todas que já se viu:

Papo Furado

O cara, sentado ali, praticava o que fazia de melhor. Falava, falava e falava e muito. Exercendo toda a sua habilidade de manejar palavras na cabeça e pronunciá-las com toda sua boca, incluindo língua e saliva, cuspida, que não acabava mais. Punha para fora anos e anos de divagações sem fim, resultado do mais puro ócio. Excretava ali, em cima da mesa e de todos que o escutavam, todo o seu vômito lingüístico.