quarta-feira, 6 de dezembro de 2006

EX PORTE


A diretoria do clube Libermorro Futebol Clube (Manaus) anuncia a nova contratação para o time no ano de 2007. O time vinha apresentando resultados desastrosos desde a primeira fase do campeonato estadual, onde estreiou com a derrota ensaiadada para o time Princesa de Solimões, perdendo a partida por 7 a 1. A maré de azar não parou por aí. Empata o segundo jogo com o time São Raimundo e novamente é derrotado na terceira partida, agora enfrentado o América Futebol Clube. Tomada a consciência de que não se encontrava sólida a situação do time, podendo este arcar com o rebaixamento, o presidente do clube Argenor de Miranda Gomes, assina um novo contrato com a direção do Nacional, tornando legal a contratação do jogador Monarco (centro avante do Nacional por quase 7 anos, tido como o melhor jogador do campeonato no ano de 2005). A quantia de $44 mil foi entregue esta manhã à diretoria do Nacional, o que valida a consumação do ato de compra e venda. Monarco dá início aos treinos ainda nesta tarde, porém pela manhã visitou o estádio Vivaldo Lima, o "Vivaldão" que tem a capacidade de suportar até 55 mil torcedores. "Verde é a cor da esperança, e o que é time tá mais precisando agora é de esperança pra vencer as barreiras que enfretamos, porque o futebol é decidido na campo, que inclusive é verde também, assim como a camisa que visto com muito orgulho e vontade de ajudar a equipe pra que a gente possa obter melhores resultados pro próximo campeonato e fazer valer todo dinheiro investido no time nessa fase que se Deus quiser vai ser muito próspera pro futebol do Libermorro. Dinheiro este que é verde também, né? O problema é que eu não tenho chuteiras verdes." - Afirma o irreverente Monarco, o mais novo jogador do Libermorro Futebol Clube, exibindo um enorme sorriso banguelo.

Um comentário:

Luiz Antônio disse...

Verde, que te-quero-verde, é bom prá quem vai ter de ser bom sofredor!